Tecnologia: confira 6 tendências de 2021 para o setor de Recursos Humanos

2020 foi um ano muito desafiador. Não é cedo para dizer que os acontecimentos vivenciados nos últimos tempos trouxeram mudanças com impactos radicais nos mais diversos setores.

Uma delas foi a exacerbação de um processo que já estava em curso: o de transformação digital. Por outras palavras, aquilo que não passava de uma tendência, da noite para o dia, acabou se transformando em uma urgência. De fato, muitas tarefas realizadas até então de forma analógica e presencial subitamente tiveram que migrar para canais digitais, como uma medida sanitária de contenção da propagação da pandemia. Isso fez com que muitas organizações tivessem que se adaptar às pressas e mudar radicalmente de postura em relação a investimentos na área de tecnologia.

A diferença do impacto sentido por cada empresa dependeu essencialmente do estágio de transformação digital em que cada uma se encontrava. Em 2021, esse processo vai continuar – ou seja, a tecnologia vai continuar a desempenhar um papel crucial para a realização das mais diversas tarefas. Para retomar o crescimento, é preciso estar atento às mudanças e acompanhar o passo dessa aceleração em curso.

 

Na área de Recursos Humanos (RH), não é diferente. Esse foi um setor bastante impactado pelas mudanças advindas da pandemia, quer em termos de recrutamento e seleção quer no que diz respeito às tarefas administrativas e de gestão das equipes. Agora, é hora de olhar para 2021 e estar atento ao que virá pela frente em termos tecnológicos.

É esse o exercício que nós propomos no post de hoje. Afinal, quais são as principais tendências de tecnologia que influenciarão o RH em 2021? Continue a leitura e esteja preparado para o futuro!

 

Tendências para 2021

Segundo a pesquisa “Gartner Top Strategic Technology Trends for 2021”, da Gartner, as tendências de Tecnologia da Informação (TI) para este ano que se inicia têm como foco as soluções que ajudarão os negócios a serem mais flexíveis no sentido de se adaptarem ao chamado “novo normal”, sem perder a qualidade e a produtividade.

Mais do que nunca, existe uma necessidade de plasticidade organizacional em todos os setores das empresas, de modo a que eles consigam se adaptar a um contexto em mutação contínua. Basicamente, segundo a Gartner, as principais tendências de tecnologia para os próximos tempos serão as ferramentas que possibilitem essa flexibilidade.

Nesse contexto do setor de RH, é importante notar que as pessoas seguem centro das empresas e dos negócios. Portanto, para esse setor, o desafio sempre será o de inovar e de aprimorar rotinas diretamente ligadas à gestão de pessoas, simultaneamente mantendo a produtividade e garantindo a saúde das equipes.

 

A seguir, listamos outras seis tendências para esse setor.

 

#1 Trabalho à distância

Em 2020, muitas empresas tiveram que migrar às pressas para o trabalho remoto (“home office”) – e algumas inclusive registraram ganhos em termos de produtividade. Segundo um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), 20,8 milhões de pessoas passaram a trabalhar de forma remota depois da explosão da pandemia no Brasil. Isso corresponde a cerca de um quarto dos postos de trabalho do país.

Tudo indica que a tendência veio para ficar. 80% dos gestores disserem gostar dessa nova maneira de trabalhar, de acordo com uma pesquisa da ISE Business School. Outra pesquisa, conduzida pela FGV, prevê que a adoção do trabalho remoto pode crescer 30% no Brasil após a pandemia. Para o setor de RH, o desafio é essencialmente o de aferir e gerir o desempenho das equipes que trabalham de forma remota.

 

Isso implica mudanças desde o modo de bater ponto e até a forma de aferição da produtividade e do desempenho. Os canais de comunicação interna, por onde os funcionários devem receber informações claras e objetivas, também devem ser reforçados, de modo a garantir o andamento dos trabalhos e a segurança de todos. Por isso, a tecnologia vai continuar a ser a maior aliada da gestão de RH em 2021, consolidando o setor como um área eminentemente digital.

Outro desafio para o ano que se inicia é explorar todo o potencial da tecnologia. Ferramentas como softwares, que auxiliam na tarefa de avaliação de desempenho, devem ser usadas de ainda forma mais estratégica. Saber se os funcionários estão respondendo às metas – se conseguem cumprir a produtividade esperada, se passam longe disso etc. – dá importantes dicas sobre a necessidade de melhoria dos processos vigentes.

 

#2 Tecnologia de nuvem

Se 2021 será o ano do trabalho remoto, logo, será o ano da nuvem também!

Servidores na nuvem são essenciais para garantir que a própria equipe de RH faça o seu trabalho à distância – assim como os demais funcionários.

Com a continuidade do “home office”, o desafio será o de aprimorar a migração para os servidores cloud, expandindo essa forma de transferência de dados.

 

#3 Internet do Comportamento

A Internet do Comportamento, mais conhecida pela sigla em inglês IoB (de Internet of Behavior) está assente na proposta de combinação de tecnologias que captam e utilizam dados gerados pelos usuários no dia a dia.

Ferramentas como reconhecimento facial, rastreamento da localização e Big Data são usados nesse contexto para avaliar o comportamento humano. Para o setor de RH, o monitoramento de uso de smartphones, tablets e outros aparelhos corporativos pode constituir uma importante ferramenta de avaliação de desempenho.

 

#4 Hiperautomação

A hiperautomação consiste na combinação de tecnologias de automação, machine learning e diferentes plataformas, de modo a realizar processos de forma cada vez mais rápida, ágil e eficiente, atingindo níveis superiores de produtividade e qualidade.

Em 2020, no contexto da pandemia, a hiperautomação foi o resultado da demanda por um mundo mais digital.

Essa é uma tendência que continuará forte em 2021. Assim, vários processos e rotinas administrativas de RH, incluindo recrutamento e seleção, passarão por algum nível de automatização, com base em ferramentas tecnológicas adequadas, como inteligência artificial, machine learning e people analytics.

 

#5 Plataformas de treinamento à distância

Em 2021, é preciso continuar a treinar e a capacitar as equipes. Para isso, as empresas deverão aprimorar suas plataformas digitais para capacitação à distância.

Investimentos em ferramentas como realidade virtual e a realidade aumentada podem melhorar muito esse processo, proporcionando mais imersão aos trabalhadores.

 

#6 Segurança dos dados

A cibersegurança é um problema que se coloca a todos os setores de uma empresa. Para o RH, que lida com dados de dezenas, centenas e, por vezes, milhares de pessoas, é algo que merece especial atenção.

Sendo assim, a tendência é que sejam aprimoradas as ferramentas de segurança, de modo a garantir a privacidade e integridade dos dados.

Em ano desafiador, como certamente será 2021, é essencial estar preparado.  Conte com as soluções da PD Sistemas especialmente voltadas para o setor de RH. Quer saber mais sobre o que temos a oferecer? Entre em contato conosco agora mesmo.

 

Até o próximo post!

 

PD Sistemas – Gestão de Resultados

Para saber mais sobre as nossas soluções, preenchas os dados no formulário abaixo que entraremos em contato.

Veja outros conteúdos