Pessoa protegendo a segurança pelo celular

O que é a cultura data driven e como implementar na minha empresa?

Dados são cada vez mais importantes para as empresas. É por meio deles que é possível tomar decisões mais acertadas, de acordo com o desejo dos seus clientes e do mercado. No entanto, para transformar estas informações em conhecimento e vantagens competitivas, é preciso que as organizações se tornem data driven.

Para saber mais sobre esta cultura, seus benefícios e, principalmente, como preparar seu time, continue a leitura deste artigo.

 

O que é a cultura data driven

Data driven nada mais é do que o uso de dados para basear as decisões de uma empresa, seja qual for o seu ramo de atuação. Em bom português, é uma gestão orientada a dados.

Ela é uma metodologia que proporciona às corporações terem uma ideia mais precisa do seu negócio, conferindo a elas uma maior capacidade de aproveitamento de oportunidades e de antecipação de tendências e problemas.

Além de contar com ferramentas que auxiliam na coleta de dados, nas empresas com forte cultura data driven, as equipes estão mais aptas a buscar dados para ajustar estratégias e objetivos, e podem ter um papel mais ativo na análise e na medição de processos, projetos e resultados.

 

3 benefícios do data driven para as empresas

Além da capacidade de tomar melhor decisão e antecipar tendências, a adoção de uma cultura data driven pelas empresas possui grandes vantagens, confira a seguir:

1 – Redução de custos

A cultura data driven permite com que os profissionais contem com uma gestão de risco mais bem elaborada. Além disso, deve ser levado em consideração o fato de que a tecnologia será uma aliada para diversos setores de seu negócio, permitindo com que os recursos sejam aproveitados ao máximo.

E é justamente isso que esta nova cultura prega, uma vez que os profissionais serão incentivados e engajados a utilizar o que o próprio negócio tem, além de trazer mais argumentos para que a gestão possa ampliar este assunto ao restante da empresa.

2 – Otimização de processos

Os seus processos como um todo serão beneficiados ao implementar essa cultura. Exemplo: campanhas de marketing trarão bons resultados, desde que faça a metrificação do que vem sendo aplicado pelo seu negócio. Mais uma vez o investimento em capital valorizado pode ser identificado, justamente por apostar no que traz resultados.

3 – Capacidade de predição

Ao adotar essa cultura, a sua empresa poderá identificar mais facilmente os períodos em que há pouca demanda de trabalho, períodos em que há necessidade de mais funcionários em seu quadro, entre outros pontos.

Você só poderá identificar estas questões e considerá-las no planejamento estratégico caso faça uma análise anual sobre a sua atuação no mercado. E este tipo de avaliação só é possível por meio do uso de dados.

 

Por que implementar o data driven no seu negócio

Como você já sabe, data-driven é um termo utilizado para definir empresas, organizações ou instituições guiadas por dados. 

Quando o data-driven está incorporado à empresa, o achismo e o famoso “feeling” dão lugar à lógica precisa dos dados no momento de tomar decisões, alocar recursos ou montar estratégias, porque o processo de decisão é orientado a dados.

Além de ganhar eficiência na tomada de decisão, você também ganha agilidade, porque sabe qual caminho seguir sempre que um problema aparece.

O data-driven também garante previsões mais assertivas, reduz custos, conecta diferentes setores da empresa, torna a informação mais transparente e acessível, e ainda dá autonomia aos membros da equipe.

Motivos de sobra para você apostar nesta estratégia rumo à transformação digital, concorda?

 

Como aplicar a cultura data driven

Para começar com uma cultura data driven na sua empresa, é fundamental que você capacite a sua equipe para que ela consiga utilizar todos os dados disponíveis, analisando e auxiliando na tomada de decisão.

Veja os 3 passos que separamos para você:

Aprenda a interpretar os dados

Quando o data driven não é implementado da maneira adequada, um dos problemas que podem surgir é a subutilização dos dados.

Não contar com profissionais capacitados, faz com que sua empresa perca uma grande quantidade de informações, por não saber usá-las de forma estratégica.

Informação e capacitação são as armas para combater este risco e fornecer à organização a capacidade de extrair insights estratégicos das informações coletadas.

Faça transformações na sua cultura

A implementação do data driven passa diretamente pela construção de uma cultura organizacional orientada a dados. Ainda existem muitos gestores que priorizam suas experiências e opiniões em detrimento dos dados, e isso é um erro.

A análise destas informações consegue extrair muito mais conteúdo em um único dia do que uma pessoa em toda sua vida.

Sendo assim, para que o data driven seja implementado com sucesso, é preciso que todos os colaboradores e líderes sejam devidamente capacitados para compreender o valor destes dados e como aplicá-los na sua rotina.

Utilize boas soluções

A tecnologia é um dos pilares para a implementação do data driven em uma empresa. Afinal, são as ferramentas tecnológicas que farão a coleta, armazenamento e cruzamento dos dados para gerar relatórios e fornecer insights.

Portanto, é imprescindível que, juntamente com transformações culturais, a empresa passe por uma revolução digital.

A escolha da solução que vai permear o dia a dia da empresa deve ser feita com base nas necessidades de cada setor e na sua capacidade de coletar e analisar informações.

Conte com a PD Sistemas para guiar a sua empresa rumo a transformação digital e a cultura data driven.

PD Sistemas – Gestão de Resultados

Veja outros conteúdos