Pessoas trabalhando na logística do agronegócio

Entenda como a logística no agronegócio pode atuar como diferencial competitivo

A logística no agronegócio vem sendo considerada, nos últimos anos, como um grande diferencial competitivo para o setor. Afinal, é por meio dela que os negócios estão conseguindo promover a melhoria contínua do seu processo produtivo e se destacar da concorrência.

Para que você consiga entender como as operações logísticas podem auxiliar o agronegócio brasileiro a alcançar o destaque que merece, preparamos um artigo especial. Continue sua leitura e saiba mais!

 

Qual a abrangência da logística no agronegócio?

Embora muitos ainda pensem que a logística se restringe ao transporte de cargas, ela abrange diversos outros processos, como planejamento estratégico, armazenagem, gestão de estoque, entre outros.

Cada parte dessa cadeia é indispensável, oferecendo o suporte necessário ao longo de todo o processo produtivo. Assim, os produtos provenientes do agronegócio podem chegar até as mãos dos consumidores com agilidade e qualidade.

Mesmo quando consideramos apenas o transporte de cargas, é preciso lembrar que o agro lida com diversos tipos de cargas, com características distintas e que possuem um modo de armazenagem e distribuição diferenciados.

Assim, ao analisarmos a logística no agronegócio e a forma como ela atua, fica evidente o seu papel estratégico, atuando também como um grande diferencial competitivo.

 

A estratégia por trás da logística para o agronegócio

Quando falamos em diferencial competitivo, logo pensamos em estratégia e, para isso, é necessária uma análise segura a respeito de todas as etapas que a logística envolve. Ainda, é preciso ter conhecimento tanto das necessidades da sua empresa, quanto dos desafios e oportunidades do setor.

Afinal, a logística é um dos principais componentes deste cenário, sendo responsável por fazer todos os produtos chegarem à mesa dos brasileiros de maneira ágil e segura.

Logo, é preciso alinhar a rotina das atividades logísticas, permitindo que as empresas alcancem os melhores resultados com a maior economia de recursos, sejam eles materiais ou imateriais.

Portanto, para implementar a logística como diferencial competitivo no agronegócio a partir de uma perspectiva estratégica, é fundamental integrar três processo da cadeia agro:

  • a logística de suprimentos;
  • o apoio à produção agropecuária;
  • distribuição.

Quando estes três processos atuam de forma coordenada, é possível otimizar a gestão logística e fazendo com que a cadeira produtiva alcance níveis elevados de qualidade, além de melhores resultados a curto, médio e longo prazo.

Para que você consiga entender melhor sobre estes três processos e como eles se relacionam, siga com a leitura!

Logística de suprimentos

O primeiro componente da logística no agronegócio é a logística de suprimentos, que tem como principal objetivo reduzir os custos de produção e comercialização ao levar em conta fatores como os tipos de cargas que serão transportadas e os prazos, a fim de manter as atividades da indústria em alta.

Um dos fatores a ser levado em conta pela empresa de logística encarregada desta etapa são os problemas com os custos dos materiais agropecuários, que podem ter despesas de transporte maiores que seus preços de compra. Os adubos, por exemplo, possuem baixo custo de aquisição.

No entanto, o transporte desse tipo de carga tende a ser mais caro que o produto em si. É trabalho da logística de suprimentos avaliar o volume a ser transportado e a distância percorrida pelo caminhão a fim de minimizar custos com o transporte de cargas.

Desta forma, a logística de suprimentos age sobre a movimentação dos insumos e serviços para que eles alcancem o setor a que se destinam na empresa, garantindo que não falte material para o trabalho.

Logística de apoio à produção agropecuária

Essa etapa engloba serviços logísticos que envolvem a movimentação dos produtos dentro da empresa, como o transporte interno, manuseio, armazenagem, estoque primário e final, entrega e outros tipos de controle de estoque. Desta forma, a logística de apoio à produção agropecuária busca alinhar as operações de armazenagem de forma a garantir a disponibilidade adequada dos produtos, independentemente da época do ano.

Ela é necessária porque as demandas do mercado exigem que o controle de estoque e a rotatividade de produtos sejam conduzidos de forma a permitir que as empresas aproveitem ao máximo de oportunidades de negócio sem enfrentar prejuízos decorrentes da ausência ou do excesso de determinados produtos.

Para racionalizar esses processos logísticos da maneira mais adequada, as informações sobre estoque, aplicações do produto, quantidade e tempo de utilização devem estar sempre atualizadas.

Aqui, o ideal é que sejam movimentadas apenas as cargas mais necessárias nas quantidades corretas, evitando a formação de grandes estoques. A armazenagem desses estoques de forma a não atrapalhar a produção também se torna necessária para chegar à tão desejada redução de custos no processo produtivo.

Logística de distribuição

Quando falamos em agronegócio, as operações de transporte precisam ficar atentas a aspectos como perecibilidade, fragilidade e sazonalidade da colheita, entre outros.

Por este motivo, a logística de distribuição deve ser capaz de promover as condições ideais de armazenamento, com atenção para fatores como umidade do ar, temperatura dos ambientes e embalagens.

Estes pontos precisam ser observados com muita atenção, já que são essenciais para a manutenção da qualidade dos produtos e, como consequência, a imagem da sua companhia.

Concluindo estes pontos, fica evidente que integrar os processos logísticos de suprimentos, apoio à produção e distribuição é fundamental. Para isso, é preciso buscar informações e estudar as principais tendências do setor.

Com esta postura, você pode padronizar suas práticas de negócio e criar uma rotina de operações focada na eliminação dos gargalos logísticos, solução de problemas e no emprego correto da tecnologia.

Quer ficar por dentro das novidades do setor de agronegócio e logística? Continue acompanhando o blog da PD Sistemas!

PD Sistemas – Gestão de Resultados

Veja outros conteúdos