Desempenho e produtividade: um desafio para qualquer empresa

Um dos grandes desafios de qualquer empresa, independentemente do seu tamanho ou área de atuação, é o equilíbrio entre qualidade (ou desempenho) e produtividade. Muitas vezes, na prática, essa relação assume a forma de uma gangorra: a produtividade aumenta, e a qualidade cai; se a empresa foca muito na qualidade, a produtividade e, consequentemente, os ganhos acabam sendo prejudicados.

Traçar e atingir as metas são, certamente, os objetivos de todas as equipes. E quanto mais produtiva uma equipe conseguir ser, sem comprometer os padrões de qualidade estabelecidos pelos clientes e pelo mercado, melhores serão os resultados gerais da empresa, garantindo o seu crescimento e a sua perenidade.

Para que isso aconteça, é preciso que os gestores se perguntem constantemente: como produzir mais rápido e com mais qualidade? Ou seja, como otimizar os processos internos?

 

É o que procuramos responder no post de hoje. Nele, o Business Intelligence como ferramenta para aumentar a produtividade da sua empresa, sem comprometer os níveis de desempenho ideais. Como isso é possível? Vem com a gente descobrir!

 

 

Primeiro: o que é o Business Intelligence (BI)?

O Business Intelligence, também conhecido pela sigla BI, significa “Inteligência de Negócios”, em português. Como o próprio nome já indicia, trata-se de injetar inteligência nos negócios, deixando achismos e amadorismos de lado.

O BI pode, então, ser definido como uma ferramenta que consiste na coleta, armazenamento, tratamento, análise e aplicação de dados no contexto dos negócios. Esses dados são usados para que os gestores tomem decisões mais assertivas (e inteligentes), aumentando o potencial de sucesso.

Por outras palavras, o BI engloba aplicativos, infraestrutura e práticas que permitem acessar e analisar informações de modo a otimizar o desempenho e a produtividade de uma empresa. Enquanto ferramenta de gestão, permite:

– propor ações para facilitar os processos da gestão empresarial;

– identificar o que está sendo feito de forma potencialmente equivocada e corrigir isso;

– aprimorar processos que estão no bom caminho;

– definir metas e traçar uma estratégia e um plano de ação.

 

Quando falamos em BI como ferramenta, não queremos dizer que se trata de uma tecnologia única, mas, sim, de um conceito mais abrangente, que reúne outras ferramentas, softwares e soluções inovadoras que possam cumprir o papel que acabamos de enunciar. Os insights e as descobertas podem ser aplicados a qualquer aspecto do dia a dia das empresas, seja a técnicas operacionais, pesquisas internas ou de mercado, marketing, comunicação etc.

 

 

Como o BI ajuda a aumentar a sua produtividade: dois exemplos na prática

Agora que já vimos, na teoria, a definição do que é o BI, vamos recorrer a dois exemplos de aplicações dessa ferramenta na prática. O foco deste artigo é a relação qualidade (desempenho) e produtividade, certo? Então, como o BI pode ajudar as empresas nesse quesito?

Imagine que você administra uma padaria e que está começando a querer ampliar os seus negócios. Você percebe que a demanda por determinado bolo vem crescendo bastante nos últimos meses. Se mesmo com o número maior de pedidos você conseguisse atender à demanda crescente, sem comprometer o sabor e a qualidade do bolo, tudo estaria certo. Mas essa não é a sua realidade – nem a da maior parte das empresas.

Alguns bolos não saem com o sabor esperado, a entrega dos pedidos começa a atrasar, alguns os clientes reclamam dessa demora, há problemas de relacionamento entre a equipe, que trabalha sob maior estresse. O aumento da demanda definitivamente sobrecarregou a padaria e, de forma paradoxal, está impedindo o crescimento da empresa. É hora de parar e analisar os processos internos, procurando otimizá-los.

Ao aplicar uma ferramenta como o BI, são analisados todos os procedimentos e regras internas e, em seguida, é identificado um dos gargalos da produção. Quando abriu as portas, você criou a regra de registrar todos os ingredientes utilizados na produção pelo menos uma vez por dia. Por exemplo, o padeiro teria que registrar quantos sacos de farinha ele usou até o fim do expediente. Esse sistema de controle é burocrático, ele mais atrapalha do que ajuda – e o que é pior, sequer é efetivo, porque é muito fácil burlá-lo.

 

Pronto: o BI te ajudou a identificar a necessidade de adotar um sistema de automatização do controle de estoque. Isso vai fazer com que você poupe tempo. Além disso, a ferramenta te ajuda a calcular o número exato de funcionários que você deve contratar para suprir a demanda crescente e manter a rentabilidade do negócio. 

A situação que apresentamos a título de exemplo está atrelada à realidade de um negócio pequeno. Mas é claro que o BI está envolvido em diagnósticos bem mais complexos, mobilizando a análise de milhares de dados.

Por exemplo, a gigante do e-commerce, a Amazon, analise o histórico de compras e de localização dos consumidores são ajustar tanto os algoritmos de marketing quanto a estratégia de atendimento ao consumidor. Com base no BI, a empresa desenvolveu e adotou o “Collaborative Filtering Engine” (CFE), um sistema que analisa milhões informações como compras recentes, itens deixados no carrinho, lista de desejos e aquisições que foram avaliadas.

No CFE, essas informações são cruzadas com históricos de outros consumidores com perfis semelhantes, gerando novas recomendações que têm mais chances de levar a uma compra. Segundo a Amazon, esse sistema é responsável por impulsionar a receita da empresa em até 30% ao ano!

 

Neste case de sucesso que relatamos aqui no blog, você encontra outro exemplo de como uma solução de Business Intelligence pode transformar dados em informações e indicadores visando ao aumento da performance e dos resultados.

Vivemos tempos cada vez mais desafiadores. Por isso, é essencial buscar melhorias em todas as áreas. Neste momento, pode haver um processo na sua empresa esperando uma simples otimização e você ainda se apercebeu disso – ou se deu conta, mas não sabe como resolver.

 

É aí que você pode contar com a PD Sistemas. Com 30 anos de expertise no mercado, nós desenvolvemos as melhores soluções para que você possa alcançar o sucesso. Entre em contato conosco para uma avaliação das suas necessidades.

 

Se você gostou deste conteúdo, saiba que tem sempre novidades por aqui. Para não perder os próximos artigos, aproveita a sua visita e curte a nossa página no Facebook ou segue a gente lá no Instagram.

 

Até mais!

 

PD Sistemas – Gestão de Resultados

Para saber mais sobre as nossas soluções, preenchas os dados no formulário abaixo que entraremos em contato.

Veja outros conteúdos