Homem administrando a fazenda de um tablet

Agro com gestão e tecnologia é agronegócio

Agro + tecnologia + gestão = agronegócio. Essa equação que escolhemos como título do nosso artigo inclui pelo menos dois aspectos cada vez mais fundamentais nos dias de hoje para a agricultura.

O termo “agronegócio” engloba todos os processos relativos à cadeia agrícola, do plantio à comercialização da produção, do grande ao pequeno agricultor. Trata-se de uma área com muitas particularidades. São inúmeros desafios que, a priori, não estão sob controle dos agricultores, tais como a sazonalidade, as pragas, os parasitas, os fenômenos climáticos e a própria conjuntura socioeconômica. Tudo isso pode comprometer uma safra definitivamente. Portanto, tudo deve ser muito bem gerenciado, em cada etapa da cadeia produtiva.

É aqui entra a tecnologia. A serviço da gestão, é ela que ajuda realmente a transformar o “agro” em agronegócio, promovendo a redução dos custos envolvidos na cadeia agrícola, maximizando os lucros e aumentando a produtividade. Hoje, graças a aplicativos e softwares, é possível conseguir muito mais resultados da porteira para dentro.

Neste post, apresentamos as principais tecnologias que estão cada vez mais presentes no campo e como elas podem ser aliadas de uma boa gestão.

Boa leitura!

Gestão do tempo

Dados meteorológicos são importantíssimos para uma boa gestão do campo. Com as novas tecnologias digitais, é possível obter uma previsão do tempo mais precisa, com relatórios personalizados para diferentes regiões de uma mesma fazenda e alertas de chuvas.

Além disso, é possível ter acesso a mapas de índice de seca e histórico de chuvas por períodos de tempo. Esses dados podem ajudar o gestor a tomar decisões mais fundamentadas.

Gestão de pragas

O controle de pragas é outro aspecto essencial da gestão do campo, pois um descuido pode comprometer a lucratividade da safra. Ferramentas inovadoras para o monitoramento e o controle de pragas estão sendo desenvolvidas com o uso de tecnologias de informação (TI) que permitem atacar o problema pela raiz, antes que a infestação se alastre e atinja proporções irreversíveis.

Com base em um sistema GPS, um técnico de inspeção de pragas percorre o campo munido de um coletor de dados, que mapeia o estado da lavoura durante o seu trajeto. As informações colhidas são, depois, apresentadas remotamente aos gestores por meio de mapas, gráficos e fotos. A análise dessas informações permite a visualização da situação dos talhões e a consequente identificação da necessidade de aplicar defensivos agrícolas.

Há ainda outros softwares que ajudam na identificação de pragas com base em  um gigantesco banco de imagens que reúne informações sobre as principais ameaças às lavouras no Brasil. Se o técnico não encontrar a praga que está em sua propriedade nesse imenso banco de dados, ele pode simplesmente enviar uma foto para a análise remota.

Gestão da irrigação

A irrigação também pode ser monitorada remotamente.

Com base em tecnologias como a da Internet das Coisas, é possível controlar remotamente os mecanismos de irrigação, obtendo dados como o nível da umidade do solo para verificar a necessidade de diminuir ou aumentar a água liberada.

Gestão da produtividade

Há sistemas direcionados à geração de dados e indicadores da porteira para dentro. Tais dados podem ser visualizados de forma prática, exportados para outros sistemas ou compilados em planilhas do Excel.

Por exemplo, hoje, com base nesses programas de gestão, um agricultor consegue controlar a totalidade dos hectares plantados por metro quadrado, o que significa muito, mas muito mais precisão – em uma fazenda de 100 mil hectares, teríamos algo como 1 milhão de unidades produtivas. O sistema indica dados como a produtividade por fazenda e por área plantada e a média de sacas por hectare. Além disso, permite a criação de mapas customizados de toda a propriedade.

O que fazer com esses dados e funcionalidades? Eles podem ajudar a identificar muito mais rapidamente onde estão os problemas, ou seja, onde a produtividade está menor, levando a medidas corretivas após a detecção das suas causas (maior incidência de pragas, irrigação insuficientes, qualidade do solo etc.).

Gestão financeira

Como mencionamos de início, os objetivos do agronegócio, aqui entendido como a junção da gestão e da tecnologia, passam por promover a redução dos custos envolvidos na cadeia agrícola para maximizar os lucros. Isso, por sua, envolve necessariamente uma sofisticação dos processos de controle financeiro, de modo a dar conta dos desafios de gerir um negócio tão complexo como o do campo.

Há programas especificamente desenhados para as necessidades do agronegócio, que permitem uma gestão integrada a outros setores. Neles, é possível fazer o acompanhamento do fluxo de caixa, reunir informações sobre clientes, monitorar as vendas e até reduzir os custos com os controles das compras e do estoque. É possível ainda realizar projeções financeiras com segurança e rapidez, observando vários possíveis cenários com análises do fluxo de caixa. É como se o campo estivesse na palma da mão.

Outro fator importante da gestão de uma propriedade está relacionado ao uso do sistema multi moeda. Se um cliente faz muitas compras em dólares e poucas vendas numa mesma moeda, o programa de gestão emite um alerta para a probabilidade de déficit. Assim, o produtor tem tempo suficiente para eventualmente rever contratos, de modo a deixar de estar suscetível àquela moeda menos vantajosa.

Há ainda programas voltados especificamente para as cotações agropecuárias. Por meio deles, o gestor pode acompanhar a maior parte das atualizações diárias de centenas de itens. Imagine como facilita ter essas informações reunidas em um só lugar, em vez de ter que ficar navegando de site em site atrás de cotações. Isso libera a equipe administrativa para outras tarefas mais complexas.

Em tempos cada vez mais desafiadores, é essencial buscar melhorias em todas áreas. Se você quer aliar gestão e tecnologia para revolucionar o seu  agronegócio e colher os frutos dessa união, entre em contato conosco. A PD Sistemas tem soluções que vão mudar a maneira de como você gere a sua propriedade.

Bom, por hoje, é tudo. Para receber outras dicas práticas voltadas para os negócios e continuar se atualizando constantemente, assine a nossa Newsletter e siga nossas redes sociais agora mesmo. Estamos no  FacebookInstagram e no Linkedin.

Até o próximo post!

PD Sistemas – Gestão de Resultados 

Veja outros conteúdos