Toda empresa vem buscando formas de melhorar seus resultados e se destacar da concorrência. Para isso, é fundamental o uso da inteligência de dados. Com ela sua tomada de decisão é mais assertiva, pois toma como base dados concretos.

Na prática, a inteligência de dados tem a capacidade de auxiliar em todos os setores das empresas, desde a gestão, recursos humanos até a produção.

Mas como desenvolver e utilizar a inteligência de dados? E quais as tecnologias que podem ser utilizadas? É isso que você verá nesse artigo!

O que é inteligência de dados

A inteligência de dados é uma maneira, bastante eficaz, de coletar e analisar informações. Mais do que isso, ela fornece insights, planeja soluções inteligentes para o negócio e toma decisões estratégicas neste processo.

É algo essencial para qualquer empresa, pois é a área responsável por fornecer informações relevantes sobre os concorrentes, público-alvo, além das tendências do mercado.

O segredo para o sucesso da inteligência de dados é a organização das informações, para simplificar as análises e aumentar o potencial da descoberta de mais insights. Usar estes dados evita achismos, garante o embasamento nas decisões e, consequentemente, mais chances de obter sucesso.

Qual a sua importância para as empresas

Utilizar a inteligência de dados ou data intelligence, como também é conhecido, já não é uma escolha, é uma necessidade! Todas as empresas consolidadas no mercado adotam a prática pelos benefícios que agregam ao negócio.

Isso porque vivemos em um cenário dinâmico, em que as coisas não param de evoluir. Sendo assim, as organizações aderem às transformações digitais e, em paralelo, o comportamento dos consumidores também se modifica. Por isso, tomar decisões baseadas em informações relevantes, atualmente, é a estratégia mais assertiva.

Neste processo de transição para o digital das empresas, elas buscam facilitar o trabalho de gestão em diversos sentidos. Isso porque, além das tecnologias que passam a fazer parte da produtividade, também há o grande volume de dados que cresce todos os dias, carregados de insights importantíssimos para qualquer negócio, e que precisa ser analisado cuidadosamente.

Imagine, por exemplo, uma empresa que quer aumentar suas operações para diferentes mercados, mas precisa optar por qual caminho seguir. Se ela se basear em dados, será possível avaliar as opções com maior potencial de sucesso, garantindo que o investimento valha a pena.

Principais ferramentas para tornar a inteligência de dados uma realidade no seu negócio

A inteligência de dados não depende de apenas uma ferramenta, mas de um verdadeiro ecossistema tecnológico, que fomente a realização de uma imersão nos dados de seu processo e de seus clientes.

Você já tem alguma ideia de que tipo de ferramentas nos referimos?

Para ajudar nesse processo, separamos as principais plataformas utilizadas nas mais robustas infraestruturas de inteligência de dados, veja só:

Business Intelligence

O BI serve como um complemento à inteligência de dados — algo que realmente é verdade.

Ferramentas de Business Intelligence que permitam coleta, análise, compartilhamento e monitoramento de dados auxiliam na criação de uma cultura data-driven de entrada.

CMP

CMP ou Consent Management Platform é uma ferramenta que, nos últimos anos, ganhou muito destaque. Trata-se de uma plataforma que gerencia o consentimento do usuário.

Parece estranho? Mas veja bem: lembra que, na LGPD (e outras leis do tipo pelo mundo), o usuário tem poder total sobre suas informações?

Assim, se a sua empresa quer coletar, armazenar e processar seus dados, precisa de sua permissão e consentimento.

O CMP é a plataforma que agiliza isso, permitindo que você exiba termos de responsabilidade de maneira automatizada para cada usuário.

DMP

DMP ou Data Management Platform é uma das ferramentas mais robustas desta lista: trata-se de uma tecnologia para tratamento de um grande volume de dados, que sejam provenientes de diversas fontes.

Um DMP é um sistema completo, que permite que sua organização mergulhe em uma variedade de dados para retirar insights valiosos quanto aos seus processos e clientes.

People Analytics

O People Analýtics é uma metodologia muito utilizada para coleta, organização e análise de dados sobre pessoas. O conceito, que tem ganhado cada vez mais a atenção dos profissionais da área de recursos humanos, nasceu com o objetivo de melhorar a qualidade da tomada de decisão sobre a gestão de RH – antecipando tendências e aprimorando estratégias.

A abordagem opera a partir da observação de alguns pontos. São eles: folhas de pagamento, marcações de ponto, redes sociais e, até mesmo, conversas diretas com os colaboradores.

A partir destas informações, os responsáveis devem transformá-las em ações relevantes que melhorem as tomadas de decisão do setor. Mas como isso acontece na prática?

Uma boa forma de exemplificar é quando uma empresa tem dificuldades em controlar sua taxa de absenteísmo (ausências de funcionários). A equipe de People Analytics, neste caso, pode combinar dados coletados pelas marcações de ponto com sua taxa de rotatividade e os relatos pessoais dos funcionários.

Por que investir na cultura data-driven?

Investir em uma cultura data-driven, ou seja, com decisões baseadas em dados, é buscar resoluções que trazem resultados mais assertivos em diferentes segmentos de mercado, por meio da coleta e análise de dados.

De acordo com uma pesquisa da New Vantage, apenas 26% das empresas atualmente possuem uma cultura data-driven.

Esta nova cultura permite que um grande conjunto de dados seja compilado em um só lugar, para que todas as áreas de uma empresa tenham acesso de maneira simples e efetiva.

Pensando no mercado, que é cada vez mais competitivo, implantar a cultura data-driven e a inteligência de dados agrega e contribui para a conquista e prospecção de novos clientes, além da retenção dos já existentes, estando na frente da concorrência. É, sem dúvida, um investimento rentável por garantir que as tomadas de decisão sejam as melhores nos planejamentos.

Como você pode ver, a análise e a inteligência de dados são o caminho para que as empresas possam tomar melhores decisões em todos os setores e assim se manterem mais competitivas.

Ficou interessado em aprimorar a sua gestão? Entre em contato com um de nossos especialistas e veja como nós, da PD Sistemas, podemos te ajudar!

PD Sistemas – Gestão de Resultados